#SOMOSAJUDA de 1981 |
Categorías

Global Hunger Index 2019: um olhar sobre o desafio da fome e das alterações climáticas no mundo

28-02-2020 Lectura 2 Minutos 3
Alterações climáticas e a fome nas Honduras

O Global Hunger Index é um relatório elaborado anualmente pela Alliance, uma rede europeia de ONG da qual a Ajuda em Ação faz parte, e que analisa a evolução da fome no mundo. Na edição de 2019, o relatório centra-se ainda num dos grandes desafios dos nossos tempos: as alterações climáticas e as suas implicações na evolução da fome no mundo.

Os últimos dados disponíveis mostram que, apesar dos progressos alcançados nos últimos anos, há ainda um longo caminho a percorrer na luta contra a fome. Dos países analisados no Global Hunger Index 2019, 47 ainda apresentam níveis de fome graves ou alarmantes, sendo que na República Centro-Africana este indicador é extremamente alarmante. A Ásia do Sul e a África subsariana são as duas regiões do globo que ocupam os primeiros lugares deste ranking, devido às elevadas taxas de mortalidade e subnutrição infantil e ao extenso número de casos de atrasos no crescimento.

As alterações climáticas vieram agravar ainda mais esta situação. Nos últimos anos, milhões de famílias viram a sua segurança alimentar ser posta em causa e a fome aumentar devido a alterações na produção, disponibilidade, acesso, qualidade e utilização dos recursos alimentares, causadas pelas mudanças climáticas.

O relatório aponta ainda alguns fenómenos que se farão sentir caso esta realidade se mantenha. A produção de alimentos, por exemplo, deverá ser bastante afetada pelas elevadas temperaturas, escassez de água, maiores concentrações de CO2 na atmosfera e eventos extremos como ondas de calor, secas e inundações, o que trará um agravamento da fome no mundo. Segundo o relatório, o chamado “Corredor Seco da América Latina”, que inclui países como Honduras, Nicarágua, El Salvador e Guatemala, deverá ser das regiões mais afetadas, com milhares de famílias a lutar contra uma crise alimentar causada pelas mudanças climáticas. Há já vários anos que a Ajuda em Ação tem vindo a trabalhar lado a lado com algumas comunidades destes países para mitigar os efeitos das alterações climáticas na segurança alimentar destas pessoas e ajudá-las a adaptarem-se a esta nova realidade e a novas oportunidades que daí surjam.

Em Portugal, os resultados finais do Global Hunger Index 2019 serão apresentados pela Ajuda em Ação em breve.