#SOMOSAJUDA de 1981 |
Categorías

Índice Global da Fome mostra que o progresso global contra a fome está estagnado

15-10-2022 Lectura 3 Minutos 3

O novo relatório do Índice Global da Fome (IGF) mostra que o progresso global contra a fome estagnou e é provável que se agrave face às atuais crises globais – conflito Rússia-Ucrânia, alterações climáticas e consequências económicas da pandemia da covid-19. Estas crises são agravadas por fatores subjacentes tais como pobreza, desigualdade, governação inadequada, fracas infraestruturas e baixa produtividade agrícola, que contribuem para a fome crónica e vulnerabilidade. O conflito na Ucrânia acrescenta uma maior complexidade, abalando os mercados de alimentos, fertilizantes e mercados de energia em todo o mundo.

O estudo é divulgado pela Ajuda em Ação, membro da Alliance 2015, uma rede de organizações europeias que, em conjunto, levam a cabo ações humanitárias e de desenvolvimento por todo o mundo, com o objetivo de promover conjuntamente políticas de advocacy e sensibilizando para as problemáticas apresentadas no documento.

• Nos últimos sete anos, a pontuação do IGF diminuiu apenas 0,9 pontos, enquanto entre 2000 e 2007 diminuiu 3,7 pontos e entre 2007 e 2014, 5,2 pontos. Isto mostra uma inversão de mais de uma década de progresso.
• A situação é suscetível de se agravar face às atuais crises globais: conflito Rússia-Ucrânia, alterações climáticas e consequências económicas da pandemia da covid-19.
• Sem uma mudança significativa, não se prevê nenhuma melhoria até 2030.

A classificação do IGF em 2022, para o mundo é considerada moderada, contudo, abaixo da classificação de 2014. Este é um abrandamento considerável em comparação com períodos anteriores. A prevalência da subnutrição – um dos quatro indicadores utilizados no cálculo do IGF – diminuiu entre 2000 e 2017. Em 2021, cerca de 828 milhões de pessoas estavam subnutridas, invertendo mais de uma década de progresso na luta contra a fome. Os outros indicadores utilizados no IGF mostram resultados mistos. As taxas de emancipação infantil estagnaram nos últimos anos em todo o mundo, enquanto as taxas de mortalidade infantil e de atraso no crescimento infantil continuaram a diminuir. Contudo, em comparação com outros indicadores, as taxas de atraso no desenvolvimento infantil mudam lentamente ao longo do tempo.

Fome atinge nível alarmante em 5 países
Os níveis de população que se encontra subnutrida está a aumentar. O Sul da Ásia é a região que apresenta os valores mais elevados, sendo a região com maior taxa de atraso no crescimento infantil. A África Subsariana é a segunda região onde a fome apresenta os valores mais altos, sendo a subalimentação e a mortalidade infantil a mais alta do mundo.

Também em regiões como a Ásia Ocidental e Norte de África os valores são considerados moderados, embora preocupantes. Na América Latina e Caraíbas, Ásia Oriental e do Sudeste Asiático, Europa e Ásia Central, a fome apresenta valores considerados baixos.

O estudo aponta para que 5 países do mundo (República Centro África, Chade, República Democrática do Congo, Madagáscar e Iémen) estejam num nível alarmante, 4 países num nível provisoriamente alarmante (Burundi, Somália, Sudão do Sul e Síria) e grave em 35 países. Além disso, a fome tem aumentado em 20 países desde 2014.

A situação mundial da fome, tal como refletida no IGF de 2022, é sombria.
Apesar da meta “Fome Zero” dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, os ganhos obtidos estão a perder-se e a situação corre o risco de se inverter. A ameaça de fome paira novamente sobretudo no Corno de África e os fundos humanitários continuam a ser insuficientes para chegar a todos os necessitados. Além disso, deve-se abordar o problema da fome no mundo com uma nova visão, a fim de tomar medidas para construir um mundo mais resiliente e sustentável do que no passado. A transformação dos sistemas alimentares é urgente e deve dar maior atenção à governação local, adaptada aos recursos naturais locais, métodos agrícolas e tradições culturais, tais como as condições agro-ecológicas.

Consulte o resumo do estudo traduzido pela Ajuda em Ação aqui: Global Hunger Index (GHI) 2022 Sinopse PT
Poster aqui GHI 2022 Poster
O relatório completo #GHI2022 em inglês pode ser encontrado aqui: www.globalhungerindex.org