#SOMOSAJUDA de 1981 |

EVENTO DE LANÇAMENTO EM PORTUGAL 

28 OUT I 15h30 I Zoom I Inscrição gratuita no formulário abaixo

A fome é uma realidade para quase 690 milhões de pessoas no mundo. Há 26 países onde os níveis de fome são moderados, já 40 encontram-se numa situação grave e 11 em estado alarmante.  São números como estes que, enquanto ONG internacional de apoio ao desenvolvimento, continuam a preocupar-nos muito. E embora a fome no mundo tenha diminuído gradualmente desde 2000, em muitos países o progresso é demasiado lento, sobretudo se pensarmos que estamos a uma década do objetivo Fome Zero estipulado pelas Nações Unidas.

 Todas estas questões terão palco na nossa Conferência Online Lançamento do Índice Global da Fome 2020 – A uma década do objetivo Fome Zero, que irá decorrer no dia 28 de outubro, às 15h30 via zoomComo tal, gostaríamos de o convidar a juntar-se a nós!

Inscreva-se já e reserve o seu lugar online, através do formulário em baixo.

Conferência Onine "Lançamento do Índice Global da Fome 2020 - A uma década do objetivo Fome Zero"

28 de outubro I 15h30 I Zoom

No painel 1 vão ser apresentados os principais dados e conclusões do Índice Global da Fome 2020, por representantes da Welthungerhilfe e da Alliance2015.

No painel 2, membros da Ajuda em Ação a nível nacional e internacional apresentam o trabalho realizado pela ONG em termos de apoio e segurança alimentar.

Já o painel 3 conta com uma mesa redonda moderada pela jornalista Marta Atalaya onde se vai debater o papel da Cooperação Portuguesa no combate à fome, bem como apontar desafios e caminhos para se alcançar o objetivo Fome Zero das Nações Unidas. No final deste painel haverá espaço para perguntas do público através da opção Q&A.

Não perca este evento online gratuito com um painel de excelência que conta com a presença de importantes instituições mundiais e nacionais, para o tema da fome de cooperação. INSCRIÇÕES ABAIXO.

PROGRAMA

15h30  – Abertura com o diretor geral da Ayuda en Acción Fernando Mudarra

15h40 – Painel 1: Principais dados, conclusões e mensagens: uma análise do Índice Global da Fome 2020 com Miriam Wiemers da Welthungerhilfe (WHH) e Antonia Potter Prentice da Alliance2015

16h00 – Painel 2: Apoio e segurança alimentar: o trabalho da Ajuda em Ação com Mário Rui da Ajuda em Ação Portugal e Jaime Martínez da Ajuda em Ação Moçambique

16h20 – Painel 3: Mesa redonda sobre O papel da Cooperação Portuguesa a uma década do objetivo Fome Zero com Pedro Krupenski da plataforma ONGD, Pedro Matos do World Food Programme, o Instituto Camões e moderação da jornalista Marta Atalaya– (com espaço para perguntas e respostas no fim). 

17h20 – Encerramento com Joana Brandão, Ajuda em Ação Portugal

PAINEL DE CONVIDADOS PARA DIA 28

MIRIAM WIEMERS

É Consultora Política na Unidade de Política e Relações Externas da ONG Welthungerhilfe (WHH), com sede em Berlim, Alemanha. Coordena o Índice Global da Fome (IGF), desde a produção à comunicação, sendo porta-voz do relatório, ao desenvolvimento estratégico. Antes de fazer parte da equipa do IGF, trabalhou com ONG locais e internacionais, a ONU, fundações políticas e think tanks focados em questões de desigualdade e governo e com particular ênfase na Ásia Ocidental e Norte de África. A nível académico, tem formação em Relações Internacionais adquirida em Berlim, Istambul e Paris e um mestrado pela Freie Universität Berlin, Humboldt-Universität zu Berlin e Universität Potsdam. 

ANTONIA PRENTICE

A nível académico passou por Oxford e a London School of Economics. Conta com 25 anos de experiência em questões humanitárias, desenvolvimento, pacificação e construção da paz no terceiro setor. Experiência essa que inclui uma ampla gestão e liderança a um nível estratégico. É co-fundadora da Athena Consortium, uma empresa de consultoria especializada em questões de paz e segurança, direitos humanos, etc. para ONG, agências das Nações Unidas, entre outras. Ao longo dos anos, já viveu e trabalhou no Afeganistão, Bélgica, Camboja, Índia (Kolkata), Indonésia (Jacarta), Suíça (Genebra), Timor-Leste e EUA (Nova Iorque). Atualmente é Diretora da Alliance 2015, onde gere e representa uma rede estratégica de 8 ONG europeias empenhadas em ações humanitárias e de desenvolvimento.

MÁRIO SANTOS

É o diretor de programas da Ajuda em Ação Portugal. Desde os 17 anos que se envolve em causas, somando já 28 anos de experiência em Ação Social e ONG. Durante o seu percurso trabalhou como animador em projetos comunitários, no Programa Escolhas, onde acompanhou de perto jovens em delinquência, e fez formações promovidas pelo Conselho da Europa onde participou em seminários a nível nacional e internacional, momento em que começa a contactar com muitas ONG. Trabalhar na Ajuda em Ação tornou-se uma escolha evidente para o Mário Rui graças à visão de compromisso a longo prazo da ONG: acredita plenamente que só assim é possível fazer mudanças estruturais e ajudar as comunidades.

JAIME MARTÍNEZ

Tem uma licenciatura em Direito pela Universidade Complutense de Madrid e um mestrado em Análise e Gestão Imobiliária (Urbanismo) pela Universidad Pontificia de Comillas (ICAI-ICADE). Embora o seu percurso profissional comece no setor privado como consultor e promotor de cooperativas de habitação de interesse social, vai trabalhar posteriormente no setor das Organizações Não Governamentais de Cooperação e Desenvolvimento. Já com mais de 15 anos de experiência, integrou a Fundação Ayuda en Acción em 2015 para pôr em marcha a estratégia para Moçambique. Ao regressar à sede da Ayuda en Acción, passou a ser responsável pelos programas da África Oriental e atualmente desempenha funções de Country Director em Moçambique.

PEDRO KRUPENSKI

É licenciado em Direito pela Universidade Católica Portuguesa. Exerceu advocacia (especializando-se em Direito Penal) até mudar de carreira para a área da cooperação para o desenvolvimento. Trabalhou vários anos nas áreas da saúde e educação, em diferentes organizações, em distintos países como Moçambique e Timor Leste. De regresso a Portugal assumiu a Direção Executiva da Plataforma Portuguesa das ONGD ao que se seguiu a Direção Executiva da Amnistia Internacional – Portugal. Depois da Direção de Desenvolvimento da Oikos – Cooperação e Desenvolvimento que cumulou com a Presidência da Direção da Plataforma Portuguesa das ONGD, é atualmente assessor do Conselho de Administração da Fundação Oriente. É ainda presidente da mesa da AG da Plataforma Portuguesa das ONGD.

PEDRO MATOS

Pedro Matos é trabalhador humanitário do Programa Alimentar Mundial das Nações Unidas onde se especializou na gestão de emergências. Trabalha com o WFP há mais de 10 anos em países como o Mali, Sudão, Iémen ou Bangladesh, e coordenou a resposta humanitária internacional em Moçambique na sequência do furacão Idai. Conta com mais de 20 anos de experiência profissional, tendo trabalhado no setor privado, bem como com o Governo Português, União da Europa Ocidental, Agência Espacial Europeia e a UNESCO. 

QUEM SOMOS?

Somos uma ONG internacional apartidária e sem qualquer filiação religiosa que luta contra a pobreza e a desigualdade. Promovemos a dignidade e a solidariedade para a construção de um mundo justo.

Contamos com 39 anos de história e temos a nossa sede em Espanha. Hoje trabalhamos em 20 países da América Latina, Ásia, África e Europa (Espanha e Portugal), apoiando cerca de 1,5 milhões de pessoas.

Inscrição no evento "Lançamento do IGF 2020 – A uma década do objetivo Fome Zero"

No dia 28 de outubro, pelas 15h30, vamos realizar uma Conferência Online com o lançamento do Global Hunger Index 2020. O cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU até 2030 será o elemento comum. Inscreva-se e assista gratuitamente através do Zoom.

Somos transparentes. Certificados por: